Primeiro livro da série TRYLLE

Provavelmente você já ouviu falar nesse nome e ainda ouvirá muito mais. Amanda Hocking é definitivamente um sucesso e uma prova que o mercado independente de livros pode dar certo. A autora, que depois de anos tentou sua oportunidade nas editoras, decidiu publicar seus livros de maneira independente e  chegou a vender 9.000 e-books por dia.

Editora Planeta detêm os direitos da série Watersong. e a Editora Novo Século já publicou Meu Sangue Aprova.  Agora é a vez de Trylle ter seu espaço no Brasil, o livro terá como lar a editora Rocco. Detalhe, a saga  sinceramente parece ser incrível.

O roteirista Terri Tatchel comprou os direitos de adaptação da saga. Leia o primeiro capítulo.

trocadaE SE TUDO NA SUA VIDA FOSSE UMA MENTIRA?

Wendy Everly tinha seis anos quando sua mãe, convencida de que ela era um monstro, tentou matá-la. Onze anos depois, no entanto, ela descobre que sua mãe talvez estivesse certa. Wendy não é a pessoa que acreditava ser… havia um mistério em sua vida que seria desvendado em breve.

O booktrailer é um dos melhores que já vi, ou seria o melhor? (Legendado por Hooked for Books)

Aproveite para ver também a mensagem que a autora deixou para os brasileiros.

Anúncios

Simbologia das capas de HP Edição de Colecionador

HPcolecionador

A simbologia da série foi a principal fonte de inspiração. Foi decidido que as ilustrações teriam a forma de um medalhão de modo a tornar os livros ainda mais especiais para os fãs. Para enfatizar essa característica, tecnicamente optei por um acabamento mais realista e fiz os medalhões em tons de ouro.

 – Mario Alberto, ilustrador das novas capas de HP – Edição de Colecionador

Infelizmente ainda não consegui ver essa edição ao vivo, mas acho  muito mais linda que a edição branca que a Rocco também lançou no ano passado.

Rocco lança uma nova edição de HP

Parece que é um tempo de vagas magras para os fãs de Harry Potter.

Dias depois do anúncio devastador da pré-venda da Harry Potter Wizards Collection (que contará com 31 discos, entre DVDs e Blu-rays mais cópias digitais, além de diversos brindes colecionáveis) que custará R$ 1.999,90. A Rocco divulga uma notícia que não agradou muito os fãs, já que se tornou claro que a editora está fazendo de tudo pra ganhar dinheiro as custas do Pottermaníacos.

No final de Agosto, uma nova edição -limitada- dos livros de Harry Potter foi anunciada. E eis que a Rocco resolve lançar mais uma super edição de colecionador com os livros em capa dura, com ilustrações inéditas e fitas para marcar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Linda ela realmente é, e para os que se interessaram a novidade vai estar nas livrarias a partir do dia 24 de novembro.

A tradução de Lia Wyler foi mantida, bem como o número de páginas e o formato dos livros. Já as novas ilustrações de capa ficaram foram responsabilidade do ilustrador e artista gráfico Mario Alberto, que buscou referências nas capas de edições anteriores, nos filmes e em fotografias, partindo da simbologia criada por J. K. Rowling. (Você pode ver as capas dos livros no site do Potterish aqui)

Eu amei a novidade, mas o problema é que ela não sai de graça e nem perto disso. Cuidado para não cair… Essa maravilha custará R$ 449,50.

Vejo a tag #RoccoPreçoBaixo bombando novamente em um futuro bem próximo.

Veronica Roth fala sobre Divergente

Comecei a escrever porque decidi que já estava velha demais para ficar brincando de faz de conta no quintal. Depois, descobri que podia criar mundos imaginários no papel. Acho que estava na quinta ou sexta série quando comecei a escrever.

Quando tive a ideia de escrever DIVERGENTE (há cerca de cinco anos), estava estudando o uso de terapia de exposição no tratamento de FOBIAS. Na terapia de exposição, pessoas são confrontadas repetidamente com o ESTÍMULO que as assusta (altura, aranhas etc.) em um ambiente seguro, até que seus cérebros se reajustam, e elas perdem o MEDO daquela coisa. É daí que vem o processo de iniciação da AUDÁCIA.

Eu queria escrever sobre uma subcultura de pessoas que desejam erradicar o medo, e usam terapia de exposição para isso. Também estava começando a aprender sobre psicologia social e a Experiência de Milgram, relacionada à OBEDIÊNCIA a autoridades, o que me levou a pensar sobre o quão maleáveis nossos CÓDIGOS MORAIS supostamente rígidos podem se tornar em condições adequadas. Isso é algo contra o qual os Divergentes lutam. Mas, na realidade, o que me levou a começar a escrever o livro foi que eu estava dirigindo e ouvindo música um dia, e simplesmente imaginei alguém pulando de um prédio, mas não por motivos AUTODESTRUTIVOS. Tentei imaginar por que alguém faria algo assim, e a resposta foi a terapia de EXPOSIÇÃO. E assim, nasceu a Audácia.

Não tenho ideia de como poderia transformar estas coisas em um livro, mas isso não me preocupa. Apenas aprendo sobre coisas que me interessam, e escrevo sobre coisas nas quais não consigo parar de pensar, e vejo o que acontece.

Lançamento: Contos de Terror do Navio Negro

O britânico Chris Priestley (autor de “Contos de terror do tio Montague”) volta a assustar a garotada pra valer com histórias de arrepiar em CONTOS DE TERROR DO NAVIO NEGRO.

Um velho marinheiro bate à porta de Ethan e Cathy em busca de abrigo, numa noite de tempestade. Piratas malignos e até um barco fantasma fazem parte do repertório de sustos que pegam os irmãos, e os leitores, de surpresa!

Embarque nesta viagem misteriosa e envolvente. Este mês nas livrarias! 😉

Lançamento da Rocco

“Alguns aromas desvanecem rapidamente, outros liberam memórias quase esquecidas.”

Em A LANTERNA, romance de estreia de Deborah Lawrenson, o leitor é transportado para um cenário sedutor e misterioso…

Eve é uma tradutora sensível, impressionável e romântica, que se envolve com Dom, um homem mais velho, compositor e pianista. Movidos por uma relação arrebatadora, eles se afastam de amigos e familiares e se mudam para Les Genévriers, local de grandes descobertas – câmaras e jazigos secretos, uma linda lanterna de ferro. Ao mesmo tempo que investe na reforma da casa, Eve tenta escrever um livro sobre as velhas lendas provençais. O passado e seus fantasmas se revelam lentamente. […]

Nesta obra, Lawrenson acrescenta elementos góticos numa narrativa moderna, num jogo de luz e sombras que dá ritmo ao romance.

Esse mês nas livrarias!