Lançamento: Puros

Juro que essa onda distópica me assusta. Por mais que eu seja fascinada pela distopia, eu fico impressionada quando sei que mais um livro desse gênero será lançado. Impressionada e com muito medo, temo que os autores estejam se deixando levar pela “modinha” e deixem de lado o ponto crucial dos livros distópicos. Torço para Puros não seja mais um, quero ler e quero que ser impactada pela história Mas enquanto ainda não tenho o livro nem você que tal ler o primeiro capítulo e a sinopse?

Pressia pouco se lembra das Explosões ou de sua vida no Antes. Deitada no armário de dormir, nos fundos da antiga barbearia em ruínas onde se esconde com o avô, ela pensa no que ficou para trás: como um mundo com parques, cinemas, festas de aniversário, pais e mães foi reduzido a somente cinzas e poeira, cicatrizes, queimaduras e corpos mutilados. Agora, em uma época em que todos os jovens são obrigados a se entregar às milícias para, com sorte, serem treinados ou, se tiverem azar, abatidos, Pressia não pode mais fingir que ainda é uma criança. Sua única saída é fugir.

Houve, porém, quem escapasse ileso do apocalipse. Esses são os Puros, mantidos a salvo das cinzas pelo Domo, que protege seus corpos saudáveis e superiores. Partridge é um desses privilegiados, mas não se sente assim. Filho de um dos homens mais influentes do Domo, ele, assim como Pressia, pensa nas perdas. Talvez porque sua própria família se desfez: o pai é emocionalmente distante, o irmão cometeu suicídio e a mãe não conseguiu chegar ao abrigo do Domo. Ou talvez seja a claustrofobia, a sensação de que o Domo se transformou em uma prisão de regras extremamente rígidas. Quando uma frase dita sem querer dá a entender que sua mãe pode estar viva, ele arrisca tudo e sai à sua procura.

 Dois universos opostos se chocam quando Pressia e Partridge se encontram. Porém, eles logo percebem que para alcançarem o que desejam – e continuarem vivos – precisarão unir suas forças.

Lançamento: Hoje (06 de Agosto)

Retrato de uma Starter – uma descoberta

Starters vai ser lançado no final de julho e a Novo Conceito já trouxe uma super novidade para os leitores. Enquanto o livro não chega às livrarias, poderemos descobrir um pouco mais sobre a história. A editora disponibilizou um e-book exclusivo do conto Retrato de uma Starter – uma descoberta, uma introdução ao livro. (Baixe o conto aqui)

Você poderá ler direto do seu tablet, e-reader ou smartphone utilizando qualquer aplicativo de leitura para o formato ePub. Se for ler no seu pc, é necessário o download de um programa para a leitura de e-books. A Novo Conceito recomenda o programa Calibre, que pode ser baixado gratuitamente no link.

E as novidades não param por aí: a partir do dia 5 de julho, os amantes da distopia poderão participar de um jogo interativo e conhecer um pouco da história no site do livro.

Sobreviver é apenas o começo.

Filmagens de ‘Divergent’ podem começar esse ano

De acordo com o site Deadline, o livro distópico Divergent de Veronica Roth deve começar a ser gravado em poucos meses.

O filme, que será adaptado pela Lionsgate-Summit e terá roteiro de Evan Daugherty (roteirista de A Branca de Neve e o Caçador) está em pré-produção e está previsto para começar a ser rodado ainda esse ano.

No Brasil, o primeiro livro da trilogia será lançado em novembro pela Rocco. E os fãs de distopia, como eu, vão a loucura!

Lançamentos: Distopia

A distopia tem ganhado espaço na literatura de jovens adultos, elas estão dominando as estantes e conquistando os leitores. Trazemos aqui duas ótimas dicas de livros distópicos.

Caminhos de Sangue, o primeiro livro da série Dustlands já está disponível nas livrarias. Confira o booktrailer.

Saba passou a vida inteira na Lagoa da Prata, uma imensidão de terra desértica assolada por constantes tempestades de areia. A miséria e a aridez do lugar não a incomodam, contanto que o irmão gêmeo, Lugh, esteja por perto. Um dia, porém, uma gigantesca tempestade de areia traz em seu rastro quatro cavaleiros de manto negro, e a vida que Saba conhece chega ao fim: seu pai é morto, Lugh é raptado e ela não tem escolha a não ser embarcar em uma perigosa jornada para resgatá-lo.

Repentinamente jogada na realidade selvagem e sem lei do mundo fora da Lagoa da Prata, Saba não sabe o que fazer sem Lugh para guiá-la. Por isso, talvez, sua maior surpresa seja o que descobre sobre si mesma: é uma lutadora incansável, uma sobrevivente feroz, a mais astuta das oponentes. Com a ajuda de um audacioso e atraente fugitivo e de uma gangue de garotas revolucionárias, a busca pelo irmão fará de Saba a protagonista de um confronto que vai mudar o destino de uma civilização.

Com ritmo ininterrupto, muita ação e uma história de amor épica, Caminhos de sangue é uma aventura grandiosa ambientada em um mundo futurista e violento.

The Selection tem tudo para bombar já que além de ser um livro distópico irá virar uma série pela CW. Esse livro será lançado no Brasil pelo novo selo da Cia das Letras, Seguinte. Ainda não há previsão para o lançamento, mas eu realmente espero que seja logo e que a editora mantenha a capa, que por sinal é linda. Confira o booktrailer.

Para trinta e cinco garotas, a Seleção é uma chance única na vida. A oportunidade de escapar de uma vida escolhida para elas desde o nascimento. Para cair com tudo em um mundo de vestidos maravilhosos e jóias de inestimável valor. De viver em um palácio e competir pelo coração do lindo Príncipe Maxon.

Mas para a America Singer, ser Selecionada é um pesadelo. Significa dar as costas para seu relacionamento com Aspen, que está uma casta abaixo dela. Deixar sua casa para entrar em uma competição avassaladora por uma coroa que ela não deseja. Viver em um palácio que é constantemente ameaçado por rebeldes violentos.

E então America conhece Príncipe Maxon. Lentamente, ela começa a questionar todos os planos que fez para sua vida- e realiza que a vida com que sempre sonhou pode nem se comparar a um futuro que ela nunca imaginou.

A distopia irá dominar (ou já dominou rs) o mundo! Lembrando que Starters da Lissa Price será lançado mês que vem e que não faz muito tempo que Travessia (Destino #2) da Ally Condie, Extras (Feios #4) do Scott Westerfeld, Delírio (#1) da Lauren Oliver, Jogador n°1 do Ernest Cline e Estilhaça-me (#1) da Tahereh Mafi  chegaram às livrarias brasileiras.  Além desses livros temos Jogos Vorazes de Suzanne Collins, A Linha de Teri Hall e Pequeno Irmão de Cory Doctorow. UFA! Isso sem contar os que ainda não chegaram no Brasil. Esqueci de algum? O que vocês acham dessa onda distópica?